Palavrões, será?

fuck_you

Tenho que compartilhar algo com vocês: hoje recebi um e-mail de um leitor da minha newsletter extremamente indignado pois “com tanta coisa para o senhor vender, vai vender logo livro de palavrões”?

Daí fiquei pensando na hipocrisia que ainda temos com relação aos palavrões. Os legendadores traduzem “Fuck!” como “Droga!”, faz favor, hein! O fulano depois vai assistir “Cidade de Deus” e fica horrorizado quando ouve aquele palavrão que rima com baralho umas 400 vezes.

Resumindo: prezado leitor que não gosta de palavrões, não compre meu e-book pois lá além da palavra, definição e exemplos em inglês, você também vai encontrar um correspondente sem censura para o português e também o áudio para você não ter dúvida da pronúncia de algo quando ouvir em algum filme.

Recado dado! E não, bitch não é praia!

Take care!

RECEBA DICAS GRÁTIS

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!


Deixe seu Comentário

Adir Ferreira © Todos os Direitos Reservados - 2014 | Desenvolvido por Blueberry - Soluções Digitais