Ser fluente sem sair do Brasil 

SIM é possível - descubra como -->

Seu email está seguro, respeitamos sua privacidade!

Como traduzir a palavra “design”

Hello, there! Você sabe como traduzir a palavra design? Veja algumas sugestões da autora Isa Mara Lando no seu livro Vocabulando. 1. desenho, design, arranjo, composição, concepção, criação, estilo, esquema, forma, formas, linhas, modelo, organização, planejamento, plano, projeto, proposta This chair is a marvellous piece of Swedish design. Essa cadeira é uma maravilhosa criação doContinue lendo >

Como dizer “na reta final” em inglês

Na reta final = in the homestretch Essa expressão tem a sua origem no turfe e se refere ao trecho da pista entre a última curva e o espelho. Em outras palavras, a reta de chegada. Por analogia, em outros contextos ela é usada para indicar um trabalho ou projeto que está bem próximo deContinue lendo >

Podcast básico – Série 01 Episódio 08

Hi, there! Hoje temos o oitavo episódio dos podcasts em inglês básico do British Council. Você já sabe o que pode fazer, não é? Pode ouvir o podcast aqui no blog, baixá-lo e ouvir no seu mp3 player, iPod, iPad, iPhone, celular, gravar em CD etc. Você também pode baixar as atividades e o roteiroContinue lendo >

English is not a monster

O inglês não é monstro de 7 cabeças. Pode até ser bastante divertido de aprender. Para isso acontecer, a receita é simples; Junte vontade e fome de conhecimento com um pouco de pesquisa e atenção, polvilhe com sorrisos e terá aulas inesquecíveis de Inglês. O Inglês pode ser ensinado de uma forma que você nãoContinue lendo >

Como traduzir a palavra “probably”

PROBABLY adv. Evite usos pouco idiomáticos de “provavelmente”, palavra que, em português, é mais formal e mais longa. She’ll probably be home by midnight. –> Ela deve chegar à meia-noite. (Na linguagem coloquial, melhor do que “Ela provavelmente vai chegar à meia-noite”.) provavelmente “Do you think she’s coming?” “Probably.” [“Você acha que ela vem?” “Provavelmente.”]Continue lendo >

Expressão idiomática: put your money where your mouth is

Put your money where your mouth is = apoiar algo em que se acredita, principalmente ao doar dinheiro; tomar atitudes em vez de ficar falando If people are really interested in helping the homeless they should put their money where their mouth is. [Se as pessoas estiverem muito interessadas em ajudar os sem-teto, devem tomar providênciasContinue lendo >

Phrasal verb: to hole up

Hey, there! Tenho encontrado o phrasal verb “to hole up” em vários seriados que tenho assistido e hoje vou compartilhá-lo com vocês. To hole up 1. abrigar-se During the blizzard, we holed up in a lean-to made of branches. [Durante a nevasca nos abrigamos numa choupana feia de galhos.] Looks like bad weather coming. We’dContinue lendo >

Como traduzir a palavra “resourceful”

RESOURCEFUL adj. criativo, prático, adaptável, desembaraçado, desenvolto, despachado, diligente, destro, eclético, eficiente, engenhoso, esperto, expedito, hábil, habilidoso, imaginoso, inteligente, inventivo, jeitoso, polivalente, talentoso, versátil; tem expediente; capaz de improvisar; inf.: cavador, descolado, “multitarefa”, virador; sabe se virar; pau pra toda obra Robinson Crusoe – the epitome of the self-reliant, resourceful individualist. Robinson Crusoé – oContinue lendo >

O que é motivação?

O que é motivação?

Galera, estou lendo um livro do escritor americano Daniel H. Pink chamado “Drive – The Surprising Truth About What Motivates Us”. É um livro muito interessante e procurando por vídeos do autor no Youtube encontrei uma animação baseada num trecho de uma palestra dele. Achei tão legal que vou compartilhar com vocês. Ah, e vocêContinue lendo >

A origem da palavra “vôlei”

A origem da palavra “vôlei”

Já baixou seu e-book “Fluente para Sempre” com dicas NINJA pra dar uma turbinada no seu inglês ainda hoje? Clique abaixo e bons estudos! Em 1985, nos Estados Unidos, William G. Morgan, professor de ginástica na YMCA (Associação Cristã de Jovens Masculinos), começou a misturar elementos de basquete, beisebol, tênis e handebol para criar umContinue lendo >

Como dizer “estalar os dedos” em inglês

Estalar os dedos = to crack one’s knuckles “Can you stop cracking your knuckles? That’s bugging me!”, Leo told Gary. “Você pode parar de estalar os dedos? Está me irritando!”, Leo disse a Gary. Fonte: How do you say … in English?, de José Roberto A. Igreja – Editora Disal.

Diário de bordo: Estados Unidos (Parte 11)

02/11 O Frank foi embora cedinho e como eu estava MEGA cansado só desci para tomar café (sim, no hostel tem café da manhã incluído = leite, cereal, café e waffle!) e voltei para o quarto para descansar e colocar algumas ideias de trabalho em ordem. O Frank é um cara viajado e a genteContinue lendo >

Diário de Bordo – Estados Unidos (Parte 10)

31/10 E hoje eu vou pra San Francisco! A viagem dura 6 horas de avião e lá são 3 horas a menos que Boston, devo chegar às 17h (horário local). Até chegaria se não fosse por um atraso de duas horas em Minneapolis (conexão) pois o aeroporto de SF estava com muita névoa. Enfim, chegoContinue lendo >

Diário de Bordo – Estados Unidos (Parte 09)

27/10 Comecei o dia com o café da manhã do Agustín, funcionário da escola que mora no apartamento onde eu estava ficando. Ele fez a gentileza de preparar um sanduba com suco e uvas. Passei a tarde vendo TV porque à noite ia me encontrar com outro amigo: o Paul Rios, que trabalha numa empresaContinue lendo >

Diário de Bordo – Estados Unidos (Parte 08)

25/10 É quinta-feira e eu acordei super, mas super cansado. Decidi ficar no hotel e ali na vizinhança. Digo que além de conhecer lugares algo muito legal é conhecer pessoas. Tinha combinado de me encontrar com os amigos americanos Travis Millman e o Aaron Knight, do site Phrasemix. O Travis chegou primeiro e me encontrouContinue lendo >

Diário de Bordo – Estados Unidos (Parte 07)

24/10 E chegou o ápice da minha viagem a NY: ver o Ricky Martin no musical “Evita”. Mas isso é mais pra frente. Comecei o dia com breakfast no hotel – não é dos mais baratos, mas já que estamos gastando… Fui para o lobby esperar o ônibus da excursão da CVC que eu tinhaContinue lendo >

Diário de Bordo – Estados Unidos (Parte 06)

23/10 E chegou o dia de ir para NYC! A van que me buscou passou às 6:15 da manhã para me levar até Boston. O trânsito é caótico de manhã e uma viagem de 40 minutos demora quase 2 horas pois o pessoal das cidades menores vão para Boston trabalhar. Dividi a van (que naContinue lendo >

Diário de Bordo – Estados Unidos (Parte 05)

21/08 Depois da festa de Halloween, alguns amigos dormiram na casa do James e da Laura e no outro dia acordamos e de café da manhã comemos popovers, que é um tipo de bolinho assado que pop over, que salta, quando vai ficando pronto. Para ajudar na ressaca (braba!) colocamos várias coberturas: amora, morango, chantillyContinue lendo >

Diário de Bordo – Estados Unidos (Parte 04)

19/10 E chegou a sexta-feira! Dei-me ao luxo de acordar tarde e a Laura fez para mim um café da manhã tipicamente americano: ovos mexidos, bacon frito, cereais, waffle, suco de laranja e café. Como não estou acostumado a comer desse tanto logo de manhã acabei nem almoçando. O James estava trabalhando home office esseContinue lendo >

Adir Ferreira © Todos os Direitos Reservados - 2014 | Desenvolvido por Blueberry - Soluções Digitais