Uma Técnica Simples para Você Falar Inglês Com Mais Fluência HOJE!

Hello, there!

Embora já estejamos em clima de festa, hoje vou te ensinar uma técnica que eu uso há muitos anos com meus alunos e que uso em meus estudos quando encontro uma frase muito difícil de pronunciar.

Você certamente já teve que ler um diálogo em voz alta na sua aula de inglês e com certeza tinha uma frase gigante que você pensou, “Putz, onde dou a pausa aqui?”.

Mas antes de ensinar essa técnica espetacular, eu quero falar sobre o poder que os diálogos têm para aprender inglês e como eu uso esses diálogos para melhorar meu francês e meu alemão.

Acredito que muitos dos que estão lendo este post já estudam inglês há um tempo e não sabem que têm um tesouro nas mãos: o livro de inglês e o CD que acompanha.

Junto com o conteúdo do áudio para você (re)praticar você tem o poder do listening. Sim, o listening é primordial para você ter uma boa fala. Se você não tiver conteúdo, como vai querer soltar a língua?

Use esse recurso, tire o CD do plástico e ouça, ouça, e ouça até enjoar. Ouça todos os áudios da sua lição, várias vezes. Ouça analiticamente, preste atenção nos sons, ouça como as palavras se juntam e você vai ver que num período não muito longo, você vai começar a entender melhor os filmes, séries e noticiários.

Acredite: não se aprende uma língua da noite para o dia. Não acredite em histórias de que fulano não falava nada de inglês, passou três meses trabalhando no exterior e voltou fluente. Isso é MENTIRA!

Uma Técnica Simples para Você Falar Inglês Com Mais Fluência HOJE!

Bom, agora eu cheguei na parte que você estava esperando para falar inglês com mais fluência: backchaining!

Backchaining? Adir, que p… é essa?

Calma lá! Backchaning nada mais é do que pegar uma frase grande e (supostamente) difícil de pronunciar, e quebra-la em vários pedaços menores.

Isso acontece muito em frases condicionais, principalmente na terceira condicional.

Veja um exemplo:

If I’d known she was going to be here, I would’ve never come. [Se eu soubesse que ela ia estar aqui, eu nunca teria vindo.]

Pois bem, a técnica de backchaining funciona assim:

Comece pelo final da frase:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Come.
Never come.
Would’ve.
Would’ve never.
Would’ve never come.
I would’ve never come.

Tendo dominado esta parte, vá para a outra parte da frase. E dominar é dominar mesmo, nada “meia-boca” hein!. Você tem o direito de ser FODA em inglês, e não half-assed!

Vejamos como fica a outra parte da frase:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Known.
I’d.
I’d known.
If.
If I’d known.
Here.
Be here.
To be here.
She was.
Going to be.
Gonna be.
She was going to be.
She was gonna be.
She was going to be here.
She was gonna be here.
If I’d known.
She was going to be here.
She was gonna be here.
If I’d known she was going to be here.
If I’d known she was gonna be here.

IMPORTANTE!

Não tenha pressa! Faça as coisas bem e não pela metade. Falar inglês dá trabalho sim, exige esforço e dedicação e sim, você vai falhar, você vai pensar “Cara, não consigo aprender isso” e isso é super normal.

Eu sei bem como você se sente porque eu me tornei fluente em inglês sem sair do Brasil. Isso mesmo, não tive a oportunidade que muitos dos meus amigos tiveram de fazer intercâmbio e viajar e mesmo assim hoje eu sou FODA no inglês.

E você pode ser também! É só querer, se organizar e estudar conscientemente. Nada de estudar ouvindo música ou vendo TV – foco numa coisa só!

Adir e o Alemão

Agora você deve estar pensando: ah, mas é fácil para o Adir fazer isso, ele já domina o inglês.

Então, mas ainda não domino o alemão e, como dizemos em inglês, ‘tô pegando o boi pelos chifres, taking the bull by the horns, que significa que estou enfrentando um desafio com coragem, sem medo.

Meu primeiro contato com o alemão foi em 1990 – quando meu irmão comprou um fascículo do curso de idiomas Globo, que vinha com fita K7!

Como eu todo começo de curso, tudo é muito facinho. Mas a coisa começou a pegar quando foram surgindo as regras das declinações, tinha que decorar os três tipos de artigos e mais um monte de outras coisas.

Ano passado conheci pessoalmente o Frank Florida em San Francisco e daí me animei a voltar a estudar alemão (o Frank é alemão). Como eu já sabia como funcionava a gramática, fui focar em vocabulário e frases prontas.

Comprei o livro “Fale Tudo em Alemão”, da Editora Disal, e fui trabalhando com os diálogos da maneira que eu expliquei acima.

Tinha duas frases que eu não conseguia falar fluentemente de maneira alguma:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Ich bin in Sachsen geboren, aber ich bin hier aufgewachsen. Meine Familie ist nach Würzburg umgezogen, als ich gerade drei Jahre alt war. [Nasci em Sachsen, mas cresci aqui. Minha família se mudou para Würzburg quando eu tinha três anos de idade.]

Fiquei tentando falar essas frases de uma só vez e é claro que não conseguia. O que eu fiz? Quebrei as frases em pedaços e fui praticando palavra por palavra, depois juntando as palavras e hoje até que sai certinho.

Escute agora como ficou:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Ich bin in Sachsen geboren, aber ich bin hier aufgewachsen. Meine Familie ist nach Würzburg umgezogen, als ich gerade drei Jahre alt war.

And to Wrap Things Up…

E para finalizar eu só quero te dizer uma coisa: todo mundo consegue falar inglês.

Use essa técnica nos seus estudos e calma, muita calma. Eu sei que vivemos num mundo de imediatismos, mas melhor aprender algo de uma vez só do que ficar cometendo erros recorrentes e se frustrando.

Uma dica: o livro Fale Tudo em Inglês contém 61 diálogos situacionais e é perfeito para esse tipo de exercício. Eu gosto de comprar na Livraria Cultura (link de afiliado) porque chega certinho e num prazo decente.

Não quer perder os próximos artigos?

Cadastre-se na newsletter e seja o primeiro a receber os artigos e de brinde você ganha o e-book “Idioms!”.






DICAS POR E-MAIL 

We respect your email privacy

Powered by AWeber Email Newsletters

Comments

comments

One Response to “Uma Técnica Simples para Você Falar Inglês Com Mais Fluência HOJE!”

250X250 (1)

Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 10.0.0 or greater is not installed.

Get Adobe Flash Player